sexta-feira, setembro 22, 2017

Portugueses têm 21% do PIB em offshores

video

2,3 milhões com contas poupança

Segundo o estudo Basef Banca da Marktest, mais de 2,3 milhões de portugueses possuem conta(s) poupança. Entre Janeiro e Junho de 2017, o Basef Banca da Marktest contabilizou 2 311 mil possuidores de conta(s) poupança, um valor que corresponde a 31.6% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos que possuem conta bancária e que identificam o(s) banco(s) onde possuem conta. Na análise da penetração deste tipo de conta pelos vários targets, vemos que a ocupação e a classe social são as variáveis que apresentam comportamentos mais heterogéneos e as que mais influenciam a sua posse.
Os quadros médios e superiores são os apresentam maior taxa de posse de conta(s) poupança, de 47.0%, seguidos pelos técnicos especializados e pequenos proprietários, com 45.7%. Numa análise por sexo e por região, verifica-se que as diferenças não são muito significativas. Já nas classes sociais, observam-se discrepâncias acentuadas, com os valores a baixar de 44.1% junto das classes alta e média alta para os 24.8% junto das classes média baixa e baixa (fonte: Marktest.com, 2017)

Um em cada seis portugueses ouviu rádio pela Internet

De acordo com os resultados do primeiro semestre de 2017 do Bareme Rádio da Marktest, um em cada seis portugueses ouviu rádio pela Internet nos primeiros seis meses do ano. O estudo Bareme Rádio da Marktest quantifica em um milhão e 393 mil o número de residentes no Continente com 15 e mais anos que afirmaram ouvir rádio pela Internet, um número que representa 16.3% do universo em análise. Na análise do perfil dos indivíduos que costumam ouvir rádio online, a idade surge como a variável que maior diferença de comportamentos apresenta. Os jovens dos 25 aos 34 anos são os que possuem maior afinidade com este hábito, comum a 30.8% deles. Os valores baixam acentuadamente com o subir da idade, para um mínimo de 1.4% junto dos indivíduos com mais de 64 anos.

1,9 milhões em sites de emprego

Um milhão e 915 mil portugueses visitaram sites de emprego no primeiro semestre do ano, indicam os dados do Netpanel meter da Marktest. De acordo com os resultados do Netpanel meter da Marktest, entre Janeiro e Junho de 2017, foram um milhão e 915 mil os residentes no Continente com 4 e mais anos que acederam a sites de de emprego a partir de computadores pessoais, o que corresponde a 32.4% dos internautas nacionais. Neste período, foram visitadas 192 milhões de páginas de sites de emprego, uma média de 100 por utilizador. O tempo total de navegação nestes sites superou 1,7 milhões de horas, uma média de 55 minutos por utilizador.
Os dados do Netpanel meter indicam ainda que o site www.net-empregos.com foi líder tanto em utilizadores únicos como em páginas visitadas e tempo de acesso. A análise tem como base informação do Netpanel meter da Marktest, que estuda o comportamento dos internautas portugueses que navegam a partir de computadores de uso pessoal, e é relativa ao primeiro semestre de 2017  (fonte:Marktest.com, 2017)

6 Anunciantes representam 1/5 do investimento publicitário em Julho

Os dados da MediaMonitor mostram que, em Julho, um quinto do investimento publicitário a preços de tabela foi da responsabilidade de seis anunciantes. De acordo com os dados da MediaMonitor, a Unilever-Jerónimo Martins mantém-se líder da tabela dos maiores anunciantes do mês de Julho, sendo responsável por um share of voice de 7.8% face o total do mercado publicitário de Tv, rádio, imprensa, outdoor, cinema e Internet e de 19.8% relativamente ao total dos 20 maiores anunciantes do mês de Julho de 2017. É de salientar que o período de recolha da informação relativa a Julho de 2017 não está ainda concluído para todos os meios (ver nota da situação referente ao mês de Julho).
A Portugal Telecom foi o segundo anunciante do mês, responsável por 3.3% do investimento publicitário total e por 8.3% do colocado pelos 20 maiores anunciantes do mês.

TURISMO PORTUGUÊS RECEBEU MAIS DE 21 MILHÕES DE HÓSPEDES EM 2016

Portugal teve 21,3 milhões de hóspedes em 2016, um recorde absoluto da atividade turística nacional, que representou um crescimento de 11,1% face a 2015. Este número faz parte dos dados definitivos referentes a 2016 publicados pelo INE e que revê em alta alguns dos indicadores até agora conhecidos. Além do aumento do número de hóspedes, as dormidas atingiram os 59,4 milhões (mais 11,6% face ao ano anterior) e os proveitos totais foram de 3,1 mil milhões de euros, o que espelha um aumento de 18,1%, reforçando uma das principais metas do Governo: crescer mais em valor do que em número de hóspedes. Os números publicados pelo Instituto Nacional de Estatística incluem, além da hotelaria, o turismo em espaço rural e de habitação, e o alojamento local com mais de 10 camas.

SIC-Notícias: Quadratura do Círculo (21 Setembro 2017)


Debate na RJM sobre eleições autárquicas na Ponta do Sol


Debate na RJM sobre eleições autárquicas na Calheta


Debate na RJM sobre eleições autárquicas na Ribeira Brava


Debate na RJM sobre eleições autárquicas no Porto Santo


Debate na RJM sobre eleições autárquicas em Câmara de Lobos


SIC-Notícias: Quadratura do Círculo (14 Setembro 2017)

Sábado: MP investiga negócio da Câmara do Funchal com agência de comunicação

Executivo de Paulo Cafôfo contratou empresa do grupo Paixão Martins para criar site, alegadamente por valor superior ao praticado no mercado. Procuradoria-geral confirma abertura de inquérito. O Ministério Público está a investigar um contrato feito por ajuste directo pela Câmara Municipal do Funchal, presidida por Paulo Cafôfo, com a empresa SEOSPOT Digital Sales, Unip. Lda para a criação de um novo site para a autarquia. A sociedade em causa pertence a Sara Paixão, casada com João Paixão Martins, actual administrador executivo da agência de comunicação LPM, fundada por Luís Paixão Martins. Segundo a denúncia pode estar em causa um crime de prevaricação.

Venezuela: Igreja católica diz não existirem garantias nem condições para diálogo entre Governo e oposição

Representantes do Governo e da oposição venezuelanos decidiram marcar novo encontro a 27 de setembro, na República Dominicana. México, Chile, Bolívia e Nicarágua serão mediadores. O arcebispo de Caracas considerou hoje não existirem garantias, nem condições para um novo diálogo entre o Governo a oposição venezuelanos, porque ainda faltam cumprir condições apresentadas pelo Vaticano em finais de 2016.
"A fase exploratória para o diálogo entre o Governo e a oposição (na República Dominicana) é extemporânea, porque neste momento a prioridade são as eleições regionais. Esse é o objetivo fundamental. As eleições são importantes para estabelecer o início de uma mudança de Governo no país", disse o cardeal Jorge Urosa Savino ao diário venezuelano El Nacional. Jorge Urosa Savino frisou que "não há garantias, nem condições para um diálogo. Ainda não se cumpriram as condições apresentadas pelo [secretário de Estado do Vaticano] cardeal Pietro Parolin, numa missiva de 01 de dezembro do ano passado", altura em que decorriam negociações entre o Governo e a oposição, em Caracas, sob a mediação do Vaticano.

SIC-Notícias: O Eixo Do Mal (16 Setembro 2017)

O Funchal nalguns indicadores estatísticos


CMF: afinal em que ficamos?

Afinal em que ficamos? Qual a versão que vale? A de Paulo Cafofo que fala em milhões de dívidas pagas e numa dúvida da edilidade reduzida em mais de metade, ou a que foi exibida pela candidatura de Rubina Leal (foto), isto a propósito da situação financeira da CMF. O problema - e esta campanha tem sido fértil na falta de esclarecimento e de respostas concretas às dúvidas das pessoas, depois dos temas serem suscitados - é que as pessoas ficam sem perceber afinal qual a versão correcta e de que lado está a razão? Possivelmente na reunião da Assembleia Municipal de 25 de Setembro ficaremos a conhecer em pormenor uma das versões, dado que Cafofo vai ter que entregar aos deputados municipais, por escrito,  uma analise à situação financeira do município nas suas múltiplas componentes.

AL-2017: Madeira terá resultados surpreendentes

Estou absolutamente convencido que estas eleições autárquicas, no caso da Madeira, vão originar alguns resultados verdadeiramente surpreendentes.
Julgo mesmo que em diversas autarquias, quer municipais quer de freguesia, a garantia de governabilidade implicará negociações entre várias forças políticas entre vários grupos, dado que alguns desfechos eleitorais - que não serão poucos - estarão longe de garantir maioria absoluta de mandatos ao partido mais votado. No dia 1 de 0utubro à noite falamos.
Não se trata de nenhuma novidade - veja-se por exemplo o que tem acontecido na edilidade funchalense onde Paulo Cafofo não conseguiu a maioria absoluta dos mandatos, mas tem conseguido resolver isso jogando ora à direita, ora à esquerda, conforme o assunto...e não só! O que se vai passar é que essa necessidade de negociações políticas prévias vai generalizar-se numa clara demonstração de que a política regional a este nível vai entrar num novo ciclo. (lfm)

Portugal Desconhecido no Canal História


Sondagem Aximage: Maioria acredita que o PS vai ganhar mais câmaras

Nas autárquicas de Setembro de 2013 o PS conquistou 150 câmaras. Agora, 59% dos inquiridos de uma sondagem da Aximage para o Negócios e o CM acredita que os socialistas irão superar esta fasquia nas eleições de 1 de Outubro. O PS vai conquistar mais câmaras nas eleições autárquicas de 1 de Outubro por comparação com o resultado obtido há quatro anos. Esta é a convicção de 59% dos inquiridos que responderam à sondagem da Aximage para o Negócios e o Correio da Manhã.
A 29 de Setembro de 2013, os socialistas ganharam 150 das 308 câmaras municipais. Agora, segundo a maioria dos inquiridos, irá reforçar o seu peso autárquico. Segundo esta sondagem, apenas 18,6% acredita que o PS irá obter menos câmaras, enquanto 10,9% é da opinião que manterá o mesmo número de autarquias.
Analisando esta sondagem pela intenção de voto legislativo dos inquiridos em 2017, conclui-se que 71,2% dos que preferiram o PS acham que o partido liderado vai ganhar mais câmaras. Curiosamente, tanto nos eleitores que potencialmente votam no Bloco de Esquerda e PCP nas legislativas, é onde se encontram mais inquiridos convencidos de que os socialistas vão aumentar o seu poder autárquico, 75,7% e 72,8%, respectivamente.
À direita estão os que são da opinião que o partido liderado por António Costa vai conquistar menos câmaras. É essa a perspectiva de 32,7% dos que revelaram uma intenção de voto legislativo no PSD e de 24,2% dos que apoiam o CDS/PP (Negócios)

Venezuela: Maduro acusa presidente do Parlamento de ter “ordem” da Casa Branca para o matar

O Presidente da Venezuela responsabilizou Júlio Borges, “por qualquer ato de violência que aconteça contra a República” ou por qualquer atentado contra a sua vida. O chefe de Estado venezuelano acusou, esta quarta-feira, o presidente do Parlamento venezuelano, Júlio Borges, de ter recebido uma "ordem" dos Estados Unidos para o assassinar e responsabilizou o opositor pela sua integridade física. "São funcionários públicos (da oposição) e todos os dias afirmam que aqui há uma ditadura", para permitir uma invasão norte-americana e um golpe de Estado "ou o assassínio do Presidente Nicolás Maduro", disse. O Presidente da Venezuela falava no palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, durante uma reunião com candidatos do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV, no poder) sobre as eleições regionais, previstas para 15 de outubro. "Eu faço-te responsável, Júlio Borges, por qualquer ato de violência que aconteça contra a República, por qualquer atentado contra a minha vida, ordenado pela presidência de Donald Trump, nos Estados Unidos", declarou Maduro. Segundo Nicolás Maduro, a ordem para assassinar o Presidente da Venezuela vem do "escritório oval" (uma das salas da Casa Branca) e Júlio Borges está envolvido na alegada conspiração. Depois destas declarações e perante as alegadas ameaças de morte, Maduro pediu a proteção de Deus e as orações do povo venezuelano (Expresso)

Venezuela: 'Plan Conejo', la insólita iniciativa del gobierno Maduro para combatir el hambre en Venezuela

Milhares protestam na Catalunha contra Madrid

video
O Governo de Madrid mostrou-se disposto a dar mais dinheiro e autonomia financeira à Catalunha, se o Governo Regional suspender o referendo independentista. A 10 dias da consulta popular, a tensão é explosiva, com protestos nas ruas, detenções e confrontos com as autoridades.

O que separa a Catalunha do resto de Espanha?

video
Desde 1640, as revoltas catalãs representam a vontade pela distância e pela independência. Numa região que não é reconhecida formalmente como Nação, na Catalunha entende-se e fala-se mais castelhano do que catalão. Mas o que realmente separa a Catalunha do resto de Espanha?

Emídio Catum pede perdão de dívida de quase 700 milhões de euros

video
Emídio Catum, um dos maiores devedores do BPN e do BES, pediu à Justiça o perdão de quase 700 milhões de euros de dívida. O empresário diz que só tem um apartamento em seu nome.

O bilião de dólares da Noruega


Descoberto submarino da 1ª Guerra Mundial com tripulantes a bordo


segunda-feira, setembro 18, 2017

Tintori: «La mitad de los niños venezolanos están desnutridos»

Lilian Tintori, la esposa del preso político venezolano Leopoldo López, convocó una rueda de prensa con medios internacionales para llamar la atención sobre la violación de los derechos humanos y la situación política del país.«Los ciudadanos emigran porque en Venezuela te mueres de hambre o te mata la delincuencia», declaró la líder opositora ante los periodistas extranjeros, a quienes agradeció su labor por convertirse «en ese espacio de libertad que nos ha conectado con la comunidad internacional». Tintori calificó el momento que atraviesa Venezuela de «crisis humanitaria». «Pero esta crisis humanitaria no es de hace tres días», recordó la activista, «esta crisis fue anunciada por mi marido en 2014».

Museu de Ótica da Madeira reúne máquinas centenárias

video
No Funchal abriu recentemente o novo Museu de Ótica da Madeira que retrata a evolução da fotografia e do vídeo em Portugal. Num único espaço estão reunidas centenas de máquinas fotográficas, de filmar e telescópios, alguns centenários.

sábado, setembro 16, 2017

Ex-militares venezuelanos denunciaram alegados abusos de poder, perseguições e torturas

Três ex-militares venezuelanos denunciaram ter sido vítimas de perseguições, torturas, e abusos de poder, perseguições e torturas, de parte do Governo da Venezuela e das forças de segurança daquele país. As denúncias tiveram lugar em Washington, durante a segunda sessão da Organização de Estados Americanos (OEA), em que aquele organismo analisa se a situação venezuelana merece ser elevada ao Tribunal Penal Internacional (TPI). Na sessão, transmitida ao vivo através da página web da OEA, participaram três ex-militares venezuelanos, o general Hebert García Plaza, o tenente coronel José Arocha e o capitão Igor Nieto.

Venezuela: 900 contentores de medicamentos sem autorização para entrar

A oposição venezuelana denunciou que o Governo se nega a autorizar a entrada no país de 900 contentores de medicamentos vindos da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. São cada vez mais frequentes as queixas da população para encontrar alguns tipos de medicamentos. “O Governo nacional (venezuelano) não dá autorização, no seu empenho por fazer que o mundo acredite que aqui não há uma crise humanitária e isso é sumamente grave”, denunciou o deputado José Gregório Correa. Em declarações aos jornalistas, em Caracas, o deputado, que também é presidente da Comissão de Assuntos Interiores, Segurança e Defesa do Parlamento do Mercosul (Parlasul), questionou a importância que tem “vida dos venezuelanos” para o Governo. Como exemplo da gravidade da situação, explicou que “Cojedes é o segundo estado (venezuelano) com escassez de medicamentos à escala nacional”.

Organização de Estados Americanos estuda queixa no TPI contra Venezuela

A Organização de Estados Americanos recebeu 289 denúncias de casos de tortura e violação dos opositores de Maduro por forças de segurança e está estudar uma queixa no Tribunal Penal Internacional. A Organização de Estados Americanos (OEA) recebeu informação sobre 289 casos de alegadas torturas e violações de opositores venezuelanos por parte de funcionários dos organismos de segurança do Governo do Presidente Nicolás Maduros. Os casos foram apresentados durante o primeiro de dois dias de uma sessão em que a OEA analisa se a situação venezuelana merece ser levada ao Tribunal Penal Internacional (TPI). A Venezuela está abrangida pela jurisdição daquele tribunal. Os casos foram apresentados por Tamara Suju, diretora da Casla, um Centro de Pesquisa e Análise de questões relacionadas com o fortalecimento da democracia e do Estado de Direito, assim como a promoção dos direitos humanos na América Latina, também conhecido pelas siglas CFRA.

BCE: A chave das compras de Draghi


As maiores economias da zona euro são as preferidas do BCE para adquirir ativos, até mesmo porque as regras do quantitative easing assim o obrigam (Jornal Económico, Mário Malhão)

Dívida pública: o sobe e desce da dívida do estado

A dívida pública passou de 242,8 mil milhões de euros para 249,2 mil milhões entre Janeiro e Julho deste ano (Jornal Económico, Mário Malhão)

Vergonha no Monte: investigação a queda da árvore que matou 13 pessoas "vai levar algum tempo"...

O procurador-adjunto da República na Madeira, Nuno Gonçalves, disse que a investigação ao acidente ocorrido na sequência da queda de uma árvore na Festa do Monte, a 15 de agosto, "está a decorrer" e "vai levar algum tempo.
"Sobre o inquérito, o que posso dizer é que a investigação está a decorrer a cargo da Polícia Judiciária (PJ), que, tanto quanto sei, tem uma equipa específica praticamente dedicada à realização destas diligências, que serão muitas, naturalmente", referiu Nuno Gonçalves à agência Lusa. O responsável do Ministério Público (MP) adiantou que esta demora se deve à "quantidade de pessoas que têm de ser ouvidas e das diligências a realizar, que são relativamente bastante elevadas".

Promessas: Demolição de casas com amianto no Funchal?

Paulo Cafôfo anunciou em 2015 que ia demolir habitações sociais com amianto, realojar as famílias e construir novos bairros sociais. Duas das três obras avançaram, mas ainda há dúvidas por esclarecer. Em ano de eleições autárquicas, o Observador convidou os leitores a enviarem, através deste formulário, denúncias relativas a promessas dos seus presidentes de câmara que ficaram por cumprir. Das centenas de informações que nos continuam a chegar, escolhemos as mais relevantes e publicamos, até às eleições, os resultados.
Onde?
Município do Funchal, na ilha da Madeira. Com mais de 110 mil habitantes, o concelho — que corresponde à cidade do Funchal — é composto por dez freguesias.
Quem?
Paulo Cafôfo, presidente da Câmara Municipal do Funchal eleito em 2013 pela Coligação Mudança (PS, Bloco, Nova Democracia, MPT, PTP e PAN). A coligação de esquerda conseguiu conquistar a autarquia pela primeira vez ao PSD, que durante 36 anos liderou a câmara do Funchal com maioria absoluta. Este ano, Cafôfo é novamente candidato, mas desta vez pela Coligação Confiança (PS, Bloco, Juntos Pelo Povo, PDR e Nós, Cidadãos!).

Rádio Jornal da Madeira: DEBATE sobre SÃO VICENTE


Rádio Jornal da Madeira: DEBATE sobre MACHICO


Rádio Jornal da Madeira: DEBATE sobre PORTO MONIZ


Rádio Jornal da Madeira: DEBATE sobre SANTANA


SIC-Notícias: Quadratura do Círculo (14 Setembro 2017)


SIC-Notícias: Negócios da Semana (13 Setembro 2017)


Porto Canal: Universo Porto da Bancada (12 Setembro 2017)


SIC-Notícias: O Dia Seguinte (11 Setembro 2017)


SIC-Notícias: Play Off (10 Setembro 2017)


SIC-Notícias: O Eixo Do Mal (09 Setembro 2017)


Kim Jong Un da Coreia do Norte: O Ultimo Principe Vermelho


Documentário clandestino sobre a Coréia do Norte


sexta-feira, setembro 15, 2017

Turismo: Hotelaria recebe mais portugueses e menos estrangeiros em julho

O mercado interno retomou o crescimento das dormidas (3,0% face a -0,4% no mês anterior), enquanto os mercados externos desaceleraram (5,4% face a 10,2% em junho). O INE acaba de revelar os principais números da atividade turística em Portugal no passado mês de julho. Neste período, a hotelaria registou 2,2 milhões de hóspedes e 6,9 milhões de dormidas em julho de 2017, correspondendo a variações de 6,1% e 4,7% (9,1% e 7,2% em junho, respetivamente). Os proveitos totais desaceleraram para um crescimento de 13,1% (17,2% em junho), tendo atingido 428,7 milhões de euros. Os proveitos de aposento atingiram 327,3 milhões de euros e também desaceleraram, crescendo 15,2% (19,2% em junho).

Papa preocupado com a situação venezuelana

Durante a visita à Colômbia, Francisco reuniu com um dos mais altos representantes da igreja católica venezuelana, o cardeal Urosa. O encontro não estava previsto. Na sua recente visita à Colômbia, o Papa Francisco decidiu conceder uma audiência não prevista no protocolo da viagem, para receber altos dignatários da igreja católica romana da Venezuela, nomeadamente o cardeal Urosa – também arcebispo de Caracas, capital da Venezuela. O cardeal não foi pródigo em revelar o teor da conversa com o chefe supremo do Estado do Vaticano, mas salientou que o facto de o Papa ter aceitado alterar o protocolo da viagem para receber representantes da Venezuela é mais que suficiente para provar que o sumo pontífice está preocupado com o andamento do processo social e político naquele país da América do Sul.

Ronaldo despede advogados e contrata firma que representa Mourinho

video
Cristiano Ronaldo rompeu com a firma de advogados que o representava em Espanha. O jogador é acusado de fugir aos impostos, num montante próximo de 15 milhões de euros. O português passa agora a contar com o mesmo advogado que representa José Mourinho, num caso semelhante.

quinta-feira, setembro 14, 2017

TAP: se o Estado que é dono da empresa não consegue acabar comn a roubalheira descarada, quem consegue?

Notícia:
O Governo apresenta hoje um voto de protesto contra os preços que estão a ser praticados, neste momento, pela TAP, na ligação entre a Madeira e o continente.
Num comunicado divulgado pela Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura, esta é uma reação à política de preços da companhia de bandeira portuguesa, com bilhetes caros. Eduardo Jesus diz que os preços são altos e abusivos e diz não entender a política lesiva da companhia para com a Região. Mesmo que a troca de correspondência entre Governo Regional e companhia aérea aconteça amiúde, as respostas não têm sido satisfatórias perante a lei do mercado. “Este protesto público será levado até às últimas consequências”, afirma o secretário, que comparou os preços para os Açores e considerou a diferença abismal. O comunicado não refere como será feito este protesto"

Cafofo revela insegurança e falta de apoio documental

Muito francamente ou a empresa de marketing, comunicação e imagem do jornalista Luís Paixão Martins, se instala no terreno, a tempo inteiro, na sua missão de assessorar Paulo Cafofo ou acho que o actual autarca funchalense, continuará imparável a destruir toda a vantagem que alegadamente tinha sobre os seus concorrentes, segundo sondagens realizadas no Funchal, muitas das quais sem sabermos a pedido de quem. Para felicidade dos seus opositores que começam a confiar mais em cenários que até há pouco tempo estavam postos de parte.
Cafofo tem sido atacado - reconheço que não é fácil este combate de um contra 7 - mas além disso revela fragilidade, insegurança, falta de dados e derrapa repetidamente por causa da argumentação que deixa muito a desejar, mostrando uma evidente falta de preparação documental.

O pretenso "caso" de uma militante do PSD em Santa Maria Maior: a montanha pariu um rato?


Temo que a montanha tenha "parido um rato" no caso da militante do PSD que se queixou no DN regional, onde é opinadora, de utilização abusiva do seu nome por parte da candidatura social-democrata na freguesia de Santa Maria Maior, no quadro das respectivas acções de campanha. A referida militante, Fátima Ascensão, foi eleita nas autárquicas de 2013 para a estrutura da sua freguesia - mantendo-se por isso em funções - mas não integra a candidatura laranja a 1 de Outubro, o que pode ter causado alguma insatisfação, presumo eu.

quarta-feira, setembro 13, 2017

Geringonça acaba em 2019?

Há uma coisa que eu não entendi, mas deve ser culpa minha: ouvi Jerónimo e Catarina esta semana baterem no governo da geringonça, o tal governo de que não fazem parte, mas que sustentam no parlamento - é nos parlamentos que os governos se aguentam ou são derrubados!  Se a ideia é tentar fazer crer que estão nas duas margens do rio ao mesmo tempo, esqueçam porque ninguém é tonto. O que me espantou - e daí a razão deste comentário - foi ouvir Jerónimo afirmar que a solução geringonçal dificilmente se repetirá, fiquei mesmo com a ideia que o líder comunista recusou a renovação desse entendimento. Afinal que raio de estabilidade política é esta?

Assuntos como este esclarecem-se rapidamente

Há assuntos que não podem cair no esquecimento, esperando que a atenção das pessoas seja distraída com outros factos políticos que entretanto serão gerados. Há casos que precisam ser imediatamente clarificados, para que não subsistam dúvidas que coloquem em causa a seriedade seja de quem for. Este é um deles, se me permitem. Acho tudo isto estranho e esquisito.

Turismo: PortoBay abre novo hotel na Zona Velha

O Grupo PortoBay vai investir de novo na Madeira, desta feita, garante o DN local, numa quinta ali para as bandas da Zona Velha que abrirá portas em 2019. Tudo indica que será mais um investimento com a qualidade do grupo - em linha, por exemplo, com o que foi feito recentemente em Lisboa - o que revela o cuidado habitual deste grupo regional que insiste em percorrer o seu caminho de forma seguro, dando os passos adequados, ao ritmo necessário e sempre que for possível. Numa altura em que no turismo regional parecem ser  mais os que falam e menos os que realizam, em que são mais os que assistem e menos (ou quase nenhuns) os que investem, um aplauso para o grupo de António/Bernardo Trindade e David Caldeira que insiste em manter a sua linha apostando na sua terra.

terça-feira, setembro 12, 2017

Debate na RJM sobre eleições autárquicas em Machico


O novo Savoy e eu: só para clarificar e encerrar

O escriba

Independentemente das considerações que as minhas opiniões possam suscitar, e respeito-as a todas, reafirmo tudo o que escrevi sobre a polémica em torno do novo Savoy.

1 - É politicamente correcto estar contra o novo Savoy e sobretudo estar contra o promotor. Para alguns até é chique estar contra o "vilão" atrevido da Calheta.
2 - Mantenho, reafirmo e reforço, que subjacente a algumas campanhas - repito, algumas campanhas - estão, para alem de interesses facilmente identificáveis por quem anda nisto, a habitual inveja na área empresarial - não generalizei, e a pessoa que me comentou sabe melhor do que eu que tenho razão - mas cada um enfia o barrete que entender. Portanto nada de circunscrever a inveja à questão da dimensão do novo empreendimento. Ela transcende isso e há muito anos que é assim. Repito, sem generalizar.
3 - Lembro-me que o actual maior grupo hoteleiro madeirense, o grupo Pestana, hoje proprietário também do Casino Park, não era originalmente o proprietário deste empreendimento quando ele abriu no Funchal. Adquiriu-o depois, por razões que não são para aqui chamadas, mas que podem ter também a ver com a impreparação de investidores, com opções erradas ou com dificuldades em alcançar a rentabilidade desejada. 

Porto Santo: Entre o golfe e a talassoterapia

video
Na ilha de Porto Santo, além da famosa praia, existem muitas atividades para ocupar os dias, do golfe à talassoterapia, sem esquecer os tratamentos com areia. Nesta viagem até à ilha de Porto Santo, no arquipélago da Madeira, além da praia, aproveite o cenário magnífico dos campos do Porto Santo Golfe, desenhados pelo famoso Severiano Ballesteros. Surpreenda-se ainda com os tratamentos de talassoterapia no Vila Baleira Resort, bem como as propriedades curativas da areia de Porto Santo, e faça a viagem até ao Funchal, a bordo do navio Lobo Marinho. Esta reportagem na ilha de Porto Santo, no arquipélago da Madeira, foi emitida no âmbito do décimo primeiro episódio da décima temporada de programas Boa Cama Boa Mesa, que estreou na SIC Notícias no dia 15 de julho de 2017. Este episódio do programa Boa Cama Boa Mesa tem o apoio Associação de Promoção da Madeira.

Cidades: "corações do amor" são moda. E o Funchal?

Que tal a futura CMF encontrar um lugar na cidade para que seja um espaço sui generis! Em Paris o hábito de colocar um cadeado nas pontes sobre o Sena ia dando cabo de uma das mais emblemáticas pontes. As autoridades retiraram os cadeados - devido ao peso destes - e encontraram um novo espaço para que os turistas e locais testemunhem o que bem entenderem no domínio do...coração! Há dias em Vila Verde, Braga, constatei que na principal praça-jardim da cidade, não falta um coração convidando as pessoas a depositarem ali os seus cadeados. No Largo do Tujal, em Guimarães, a edilidade encontrou uma forma diferente de propiciar aos turistas e residentes a oportunidade, caso queiram, de manter a tradição que nascida na capital parisiense. Piroso ou não o que impede que o Funchal tivesse o seu espaço emblemático?
Guimarães

Sondagem: Portugueses consideram importante que haja acordo entre Governo e PSD para grandes investimentos

Barómetro da Eurosondagem mostra que maioria dos inquiridos acha que pacto é “importante” e “faz sentido”. Mas não acredita que se chegue a concretizar. É importante que Governo e PSD cheguem a acordo sobre grandes investimentos? Sim. E faz sentido um pacto dessa natureza entre os dois, tendo em conta que há solução de Governo com a esquerda? Também. Mas acredita que venha mesmo a concretizar-se? Nem por isso. A julgar pelos resultados do estudo de opinião da Eurosondagem para o Expresso e a SIC, esta é a opinião da maioria dos portugueses sobre o consenso pedido por António Costa e as hipóteses que tem de vir a tornar-se realidade.

Venezuela: Presidente anuncia novo aumento de 40% do salário mínimo

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou um novo aumento de 40% do salário mínimo dos venezuelanos que, com o subsídio de alimentação incluído, passa a ser equivalente a 28,29 euros à taxa oficial de câmbio mais alta. “Decidi que, amanhã [sexta-feira] 08 de setembro, vai ser depositado para todos os trabalhadores públicos do país, reformados, professores, polícias e militares, um aumento de 40% do salário mínimo nacional, em todos os escalões”, declarou. O anúncio foi feito durante uma intervenção perante a Assembleia Constituinte, transmitida em simultâneo e de maneira obrigatória pelas televisões venezuelanas. No discurso, Maduro sublinhou que o novo salário é retroativo a 01 de setembro.

Maduro anuncia sistema de pagamentos alternativo ao dólar na Venezuela

O Presidente da Venezuela anunciou na quinta-feira que Caracas vai criar um novo sistema de pagamento internacional, com base em várias moedas, em alternativa ao dólar norte-americano.  “A Venezuela vai criar um novo sistema de pagamentos internacional e um cabaz com moedas de livre conversão como o yuan (da China), o euro e o iene (do Japão), a rupia (da Índia), para libertar-nos das amarras do dólar como moeda opressora do nosso país”, disse Nicolas Maduro. O anúncio teve lugar durante uma sessão especial da Assembleia Constituinte (AC), à qual Maduro apresentou oito leis em matéria económica como resposta a grave crise económica que atravessa o país. “Um novo sistema internacional de pagamentos. Isso é imediato, uma ordem, que já se comece a implementar a todo nível. Esta decisão vai abrir o caminho para um novo sistema monetário, financeiro, internacional, e libertar-nos da chantagem do dólar”, disse.

Sondagem: PS perde terreno para o PSD

O PSD sobe 0,6% no barómetro SIC/Expresso de setembro, em sentido contrário ao PS, que perde meio ponto. Mesmo assim, os partidos à esquerda recolhem 56% das intenções de voto. O PSD ganhou terreno face ao PS. No estudo de opinião da Eurosondagem para a SIC/Expresso, os socialistas recolhem 40,3% das intenções de voto — uma quebra de 0,5% face ao mês de agosto. O PSD aproveita a descida e consegue ganhar terreno: uma subida de 0,6% que, ainda assim, deixa os dois principais partidos a uma distância de 11,6 pontos percentuais. Os sociais-democratas contrariam a tendência dos últimos cinco meses e conseguem, agora, uma subida nas intenções de voto manifestadas pelos eleitores consultados no estudo de opinião. Além do PSD, só o PAN sobe, obtendo 1,5% das intenções de voto, quase meio ponto (0,4%) face ao mês anterior.

4,7 milhões em sites de informação

No primeiro semestre do ano, 4 milhões e 713 mil portugueses acederam a sites de informação a partir de computadores pessoais. Segundo os dados do Netpanel meter da Marktest, foram 4 milhões e 713 mil os residentes no Continente com 4 e mais anos que ao longo dos primeiros seis meses do ano acederam a sites de jornais, revistas e de notícias portugueses a partir de computadores pessoais, o que corresponde a 79.6% dos internautas nacionais. Neste período, foram visitadas 1,8 mil milhões de páginas de sites de informação, uma média de 392 por utilizador. O tempo total de navegação nestes sites superou as 29 milhões de horas, uma média de 6 horas e 9 minutos por utilizador.

Seguro de saúde mantém trajetória ascendente

Os dados do estudo Basef Seguros da Marktest confirmam que a penetração de seguro de saúde continua a aumentar em Portugal. O estudo Basef Seguros da Marktest contabiliza, no primeiro semestre de 2017, um total de 2 milhões e 266 mil possuidores ou beneficiários de seguro de saúde, um valor que corresponde a 26.5% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos. Este valor é o mais elevado dos últimos doze anos, mantendo desde 2014 uma trajetória de crescimento constante. Os dados do Basef mostram ainda que a posse deste seguro é sobretudo segmentada por classe social. Se, entre os indivíduos das classes mais elevadas, 43.6% possui este benefício, já entre os das classes mais baixas, o valor baixa para 16.4%. Isso significa que o seguro de saúde tem, nas classes mais elevadas, uma penetração 2,6 vezes superior à registada nas classes mais baixas. Esta análise foi realizada com base nos resultados de Janeiro a Junho de 2017 do estudo Basef Seguros da Marktest (Marktest.com, Agosto de 2017)

Maioria dos portugueses são sócios ou simpatizantes de clubes desportivos

Os dados do estudo TGI da Marktest revelam que a maioria dos portugueses se declara sócia ou simpatizante de clubes desportivos, com uma clara diferenciação entre os géneros. O estudo TGI da Marktest quantifica, na vaga de Julho de 2017, em 4 milhões e 871 mil o número de indivíduos que se diz sócio e/ou simpatizante de clube(s) desportivo(s). Este valor representa 56.9% dos residentes no Continente com 15 e mais anos. Ser sócio ou simpatizante de um clube desportivo é bastante mais frequente entre os homens do que entre as mulheres, com taxas de 67.7% e 47.2%, respetivamente. Também entre as idades se observam diferenças de comportamento, com os valores mais elevados a pertencer aos indivíduos mais idosos: 63% dos portugueses com mais de 64 anos dizem ser sócios ou adeptos de clubes desportivos, face aos 40.1% registado junto dos jovens dos 15 aos 24 anos.

Jornal venezuelano suspende impressão e acusa Governo de não vender papel

Os donos de estações de televisão e de jornais privados da Venezuela acusam o Governo do Presidente Nicolás Maduro de estar a apertar o cerco ao trabalho dos jornalistas e de ter instaurado a censura de forma indirecta – o mais recente caso é o do diário Ultima Hora, que anunciou a suspensão da sua edição impressa por falta de papel. A última edição do maior diário do estado venezuelano de Portuguesa saiu a 30 de Agosto, e a informação foi dada na primeira página, sob um fundo negro e com o título "Pausa forçada!" "Esgotadas as negociações com o Governo nacional através da [empresa] estatal Corporación Maneiro, única e exclusiva fornecedora de papel para a impressão de jornais – um material vital que não nos é vendido há dois meses –, e depois de termos gasto o inventário existente (...), Ultima Hora, o Primeiro Diário de Portuguesa vê-se obrigado a suspender a sua circulação em versão impressa até que possamos dispor novamente do referido material", lê-se na comunicação, que termina com uma citação atribuída ao padre espanhol Josemaría Escrivá, fundador da Opus Dei: "Que importa que agora tenhas de cortar a tua actividade se, mais cedo ou mais tarde, qual mola comprimida, chegarás muito mais longe do que alguma vez sonhaste?"

Sondagem: MAI e Defesa com os piores ministros mas portugueses não os querem remodelados

Constança Urbano de Sousa e Azeredo Lopes são vistos como os piores ministros do Governo, mas os inquiridos pela Aximage consideram que António Costa não deve remodelar os líderes da Administração Interna e da Defesa. Mário Centeno já é só o melhor ministro, porque Constança Urbano de Sousa e Azeredo Lopes passaram a deter o epíteto de piores ministros do Executivo liderado por António Costa. Para os inquiridos pela sondagem realizada pela Aximage para o Negócios e o Correio da Manhã, Urbano de Sousa, responsável pela Administração Interna, é a pior ministra do Executivo socialista, seguida muito de perto por Azeredo Lopes, titular da pasta da Defesa.

Sondagem: Costa cai mas continua a ser o líder partidário mais popular

O primeiro-ministro também chega ao fim da "fase horribilis" praticamente ileso. A nota (de zero a vinte) atribuída ao secretário-geral socialista, António Costa, pelos inquiridos pela Aximage foi de 12,9. Uma avaliação ligeiramente inferior aos 13,1 atribuídos em Julho. Recorde-se que foi entre Junho e Julho – quando já haviam sido registados os casos de Pedrógão Grande, Tancos e das demissões – que António Costa registou a mais expressiva perda de popularidade, caindo de uma nota de 15,6 para os já referidos 13,1. Todavia, o presidente do PSD, Passos Coelho, mostrou-se incapaz de capitalizar a queda de Costa e os casos difíceis para o Executivo. Apesar de em Setembro Passos Coelho ter mantido a nota de Julho (4,7), a verdade é que a avaliação agora feita pelos entrevistados pela Aximage é ainda mais negativa do que em Junho (5,2).

Sondagem: PS e Costa saem quase ilesos de Verão difícil

A sondagem da Aximage mostra que, em Agosto, o PS caiu um ponto percentual face ao estudo de Julho, enquanto as intenções de voto no pSD mantêm-se inalteradas. Contudo, tendo em conta a evolução dos dois maiores partidos entre Junho e Agosto, verifica-se que o PSD está ainda mais distante do PS, isto apesar de o Governo ter atravessado neste Verão a fase mais difícil. Numa altura em que se aproxima do fim um Verão que foi muito difícil para o Governo, verifica-se que tanto o PS como António Costa passaram quase incólumes um período marcado pelos incêndios que assolaram boa parte do território nacional, pelo roubo de material militar em Tancos ou ainda pela demissão de três secretários de Estado e posterior remodelação governamental.

2,3 milhões com contas poupança

Segundo o estudo Basef Banca da Marktest, mais de 2,3 milhões de portugueses possuem conta(s) poupança. Entre Janeiro e Junho de 2017, o Basef Banca da Marktest contabilizou 2 311 mil possuidores de conta(s) poupança, um valor que corresponde a 31.6% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos que possuem conta bancária e que identificam o(s) banco(s) onde possuem conta. Na análise da penetração deste tipo de conta pelos vários targets, vemos que a ocupação e a classe social são as variáveis que apresentam comportamentos mais heterogéneos e as que mais influenciam a sua posse. Os quadros médios e superiores são os apresentam maior taxa de posse de conta(s) poupança, de 47.0%, seguidos pelos técnicos especializados e pequenos proprietários, com 45.7%. Numa análise por sexo e por região, verifica-se que as diferenças não são muito significativas. Já nas classes sociais, observam-se discrepâncias acentuadas, com os valores a baixar de 44.1% junto das classes alta e média alta para os 24.8% junto das classes média baixa e baixa. Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Basef Banca da Marktest (Marktest.com, Setembro de 2017)

6 Anunciantes representam 1/5 do investimento publicitário em Julho

Os dados da MediaMonitor mostram que, em Julho, um quinto do investimento publicitário a preços de tabela foi da responsabilidade de seis anunciantes. De acordo com os dados da MediaMonitor, a Unilever-Jerónimo Martins mantém-se líder da tabela dos maiores anunciantes do mês de Julho, sendo responsável por um share of voice de 7.8% face o total do mercado publicitário de Tv, rádio, imprensa, outdoor, cinema e Internet e de 19.8% relativamente ao total dos 20 maiores anunciantes do mês de Julho de 2017. É de salientar que o período de recolha da informação relativa a Julho de 2017 não está ainda concluído para todos os meios (ver nota da situação referente ao mês de Julho). A Portugal Telecom foi o segundo anunciante do mês, responsável por 3.3% do investimento publicitário total e por 8.3% do colocado pelos 20 maiores anunciantes do mês.

1,9 milhões em sites de emprego

Um milhão e 915 mil portugueses visitaram sites de emprego no primeiro semestre do ano, indicam os dados do Netpanel meter da Marktest. De acordo com os resultados do Netpanel meter da Marktest, entre Janeiro e Junho de 2017, foram um milhão e 915 mil os residentes no Continente com 4 e mais anos que acederam a sites de de emprego a partir de computadores pessoais, o que corresponde a 32.4% dos internautas nacionais.
Neste período, foram visitadas 192 milhões de páginas de sites de emprego, uma média de 100 por utilizador. O tempo total de navegação nestes sites superou 1,7 milhões de horas, uma média de 55 minutos por utilizador. Os dados do Netpanel meter indicam ainda que o site www.net-empregos.com foi líder tanto em utilizadores únicos como em páginas visitadas e tempo de acesso. A análise tem como base informação do Netpanel meter da Marktest, que estuda o comportamento dos internautas portugueses que navegam a partir de computadores de uso pessoal, e é relativa ao primeiro semestre de 2017 (Marktest.com, Setembro de 2017)

Um em cada seis portugueses ouviu rádio pela Internet

De acordo com os resultados do primeiro semestre de 2017 do Bareme Rádio da Marktest, um em cada seis portugueses ouviu rádio pela Internet nos primeiros seis meses do ano. O estudo Bareme Rádio da Marktest quantifica em um milhão e 393 mil o número de residentes no Continente com 15 e mais anos que afirmaram ouvir rádio pela Internet, um número que representa 16.3% do universo em análise. Na análise do perfil dos indivíduos que costumam ouvir rádio online, a idade surge como a variável que maior diferença de comportamentos apresenta. Os jovens dos 25 aos 34 anos são os que possuem maior afinidade com este hábito, comum a 30.8% deles. Os valores baixam acentuadamente com o subir da idade, para um mínimo de 1.4% junto dos indivíduos com mais de 64 anos. As classes sociais também apresentam um comportamento relativamente heterogéneo, com os valores a baixar gradualmente de um máximo de 28.6% entre os indivíduos da classe alta para um mínimo de 4.7% entre os indivíduos da classe baixa.

Debate na RJM sobre eleições autárquicas em Santa Cruz


Debate na RJM sobre eleições autárquicas no Funchal


Madeira: novo ferry para o continente vai pagar um décimo das taxas

A Administração dos Portos da Madeira (APRAM) alterou o regulamento tarifário praticado nos portos do Funchal para as diversas operações de movimentação de veículos, com recurso à rampa rol-on rol-off. A ideia é tornar os portos mais atrativos para  os operadores e assegurar maior competitividade da linha ferry, o que parece estar a surtir efeito, já que em apenas um dia – congratulou-se recendente Eduardo Jesus, secretário da Economia, Turismo e Cultura –  o número de entidades que adquiram o caderno de encargos da ligação marítima entre a Madeira e o continente duplicou. Os últimos dados da tutela indicavam sete operadores interessados no ferry.

SIC-Notícias: Negócios da Semana (06 Setembro 2017)


SIC-Notícias: O Eixo Do Mal (09 Setembro 2017)


SIC-Notícias: Quadratura do Círculo (07 Setembro 2017)


SIC-Notícias: O Eixo Do Mal (02 Setembro 2017)


Porto Canal: Universo Porto da Bancada (05 Setembro 2017)


ENTREVISTA A SPORTING TV de BRUNO DE CARVALHO (05 Setembro 2017)


quinta-feira, agosto 31, 2017

Tintori: «La mitad de los niños venezolanos están desnutridos»

Lilian Tintori, la esposa del preso político venezolano Leopoldo López, convocó ayer una rueda de prensa con medios internacionales para llamar la atención sobre la violación de los derechos humanos y la situación política del país.«Los ciudadanos emigran porque en Venezuela te mueres de hambre o te mata la delincuencia», declaró la líder opositora ante los periodistas extranjeros, a quienes agradeció su labor por convertirse «en ese espacio de libertad que nos ha conectado con la comunidad internacional». Tintori calificó el momento que atraviesa Venezuela de «crisis humanitaria». «Pero esta crisis humanitaria no es de hace tres días», recordó la activista, «esta crisis fue anunciada por mi marido en 2014».

ONU espera "medidas" ante los abusos en Venezuela y dirimir responsabilidades


Venezuela: Regime de Caracas responsabiliza oposição pelas sanções


Fiscal Luisa Ortega presentó Pruebas contra Maduro y Diosdado en USA. Agosto 28 de 2017.


Venezuela: la masión lujosa de Luisa Ortega Díaz (Ex-Fiscal Prófuga)


Caracas nega incursão militar na Colômbia


EEUU impone sanciones financieras contra lo que describe como la "dictadura de Maduro" en Venezuela