sexta-feira, setembro 16, 2016

Sondagem: PS+BE-CDU = maioria absoluta

video
O PS continua a subir nas sondagens e está já a quatro pontos de distância do PSD, que mantém a trajetória de queda. O estudo da Eurosondagem feito para a SIC e para o Expresso revela que se as eleições legislativas fossem hoje, PS e Bloco de Esquerda somados conseguiriam assegurar maioria absoluta, apesar da descida do Bloco. As férias de verão deram novo fôlego ao PS, que continua a subir nas intenções de voto. No barómetro de setembro, que marca a rentrée política, todos os partidos sobem, exceto o PSD que mantém a curva descendente e o Bloco de Esquerda que inverte a tendência de subida. Se as eleições legislativas fossem hoje o PS chegaria aos 36%, mais cinco décimas do que no barómetro anterior. Quase na mesma proporção, o PSD cai e fica nos 32,1%.
O Bloco de Esquerda mantém o terceiro lugar, mas cai para os 8,9%. Mesmo assim, PS e Bloco somados, continuam a assegurar a maioria absoluta, sem precisarem da CDU, que sobe nas intenções de voto e chega aos 8,1%. O CDS consegue recuperar, é o partido que mais sobe, para 6,9%. No fim da tabela, o PAN, que regista uma subida ligeira, para os 1,5%
No capítulo da popularidade, Marcelo soma e segue. O Presidente da República atinge os 57,7%. António Costa também sobe e quase chega aos 29,2%. Em sentido contrário, o Governo (8,3%) e a Assembleia da República (18,7%) pioram o saldo. Mas a grande surpresa está nos líderes partidários. Todos sobem, excepto Catarina Martins, que é agora ultrapassada por Assunção Cristas. Passos Coelho (17,3%) continua a assegurar o primeiro lugar, Jerónimo de Sousa (13,1%) consolida o segundo e a presidente do CDS (9,9%) entra no pódio dos líderes mais populares. No fim da lista, fica a coordenadora do Bloco de Esquerda, agora com 9,8%. O estudo da Eurosondagem feito para a SIC e para o Expresso foi realizado entre os dias 7 e 14 de setembro, com base em 1009 entrevistas telefonicas validadas. O erro máximo da amostra é de pouco mais de 3% (SIC-Notícias)

Sem comentários: