quinta-feira, agosto 31, 2017

Tintori: «La mitad de los niños venezolanos están desnutridos»

Lilian Tintori, la esposa del preso político venezolano Leopoldo López, convocó ayer una rueda de prensa con medios internacionales para llamar la atención sobre la violación de los derechos humanos y la situación política del país.«Los ciudadanos emigran porque en Venezuela te mueres de hambre o te mata la delincuencia», declaró la líder opositora ante los periodistas extranjeros, a quienes agradeció su labor por convertirse «en ese espacio de libertad que nos ha conectado con la comunidad internacional». Tintori calificó el momento que atraviesa Venezuela de «crisis humanitaria». «Pero esta crisis humanitaria no es de hace tres días», recordó la activista, «esta crisis fue anunciada por mi marido en 2014».

ONU espera "medidas" ante los abusos en Venezuela y dirimir responsabilidades


Venezuela: Regime de Caracas responsabiliza oposição pelas sanções


Fiscal Luisa Ortega presentó Pruebas contra Maduro y Diosdado en USA. Agosto 28 de 2017.


Venezuela: la masión lujosa de Luisa Ortega Díaz (Ex-Fiscal Prófuga)


Caracas nega incursão militar na Colômbia


EEUU impone sanciones financieras contra lo que describe como la "dictadura de Maduro" en Venezuela


El Parlamento venezolano no pudo sesionar este martes por falta de quórum


Diversos grupos armados actúan al margen de la ley en la frontera colombo-venezolana


Se incrementa la fuga de estudiantes en Venezuela


Venezuela: Dip. Ferrer anuncia nuevas acciones de Luisa Ortega Díaz Dígalo


Venezuela reta a Trump con maniobra militar de 900.000 fuerzas


Venezuela: Maduro ordena ejercicios militares en los que participan cientos de civiles


Dos alcaldes destituidos por el régimen de Maduro dicen cómo escaparon de Venezuela


Venezuela acude a sus aliados para sortear las sanciones de Trump


Venezuela: Exfiscal venezolana acusa a Maduro de desviar al menos 8 millones de dólares del fisco


Polémicas declaraciones de Lilian Tintori sobre Leopoldo López. Venezuela (Agosto 29 de 2017)


Venezuela: Leopoldo está de acuerdo en participar en elecciones regionales, dice Tintori


Venezuela: Tintori dice dinero hallado en auto le pertenece y denuncia un montaje


Venezolanos hacen largas filas para comprar comida


Venezuela: Nicolás Maduro ordena la suspensión de canales Colombianos (25 de Agosto)


El drama de los presos políticos en Venezuela no cesa


En Venezuela se regularan las redes sociales


160 asesinatos y alrededor de 5900 detenciones se han registrado en Venezuela


En Venezuela se incrementa la falta de dinero en efectivo


Venezuela: En plena cola, con lágrimas, mujer narra el drama para comprar comida


Venezuela pagó contratos millonarios por obras que no se terminaron


La tercera edad en Venezuela se ve cada día más afectada por la crisis económica


Comprar comida en Venezuela es una odisea


313 ataques contra la libertad de expresión durante manifestaciones, Instituto de Prensa Venezuela


En Venezuela roban animales del zoológico para comerlos


Régimen de Nicolás Maduro ha cerrado 49 medios de comunicación en Venezuela en lo que va del año


Venezuela podría cerrar el año con una inflación acumulada superior al 1.000%


Aumenta el número de venezolanos varados en el terminal de transportes de Bogotá, Colombia


Dramática situación de venezolanos que duermen en terminal de buses de Bogotá


Con el abandono de vuelos internacionales, venezolanos sólo tienen 7 opciones para salir del país


terça-feira, agosto 29, 2017

44 pessoas são assassinadas todos os dias na Venezuela

Nos primeiros 224 dias deste ano, isto é, entre 1 de janeiro e 13 de agosto, foram mortas 9.927 pessoas na Venezuela. O Observatório Venezuelano de Segurança, organismo do Ministério do Interior, Justiça e Paz, divulgou que foram assassinadas 9.927 pessoas na Venezuela entre 1 de janeiro e 13 de agosto. Os Estados venezuelanos de Miranda, Arágua e Zúlia são os que registaram mais homicídios ao longo das primeiras 32 semanas de 2017, com 1.816, 1.032 e 1.005, respetivamente. Quanto à taxa de homicídios, Miranda e Arágua registam 56 por cada 100 mil habitantes e Zúlia 24.

Mortas 9.927 pessoas na Venezuela entre 1 de janeiro e 13 de agosto

O Observatório Venezuelano de Segurança, organismo do Ministério do Interior, Justiça e Paz, divulgou que foram assassinadas 9.927 pessoas na Venezuela entre 01 de janeiro e 13 de agosto. Os Estados venezuelanos de Miranda, Arágua e Zúlia são os que registaram mais homicídios ao longo das primeiras 32 semanas de 2017, com 1.816, 1.032 e 1.005, respetivamente. Quanto à taxa de homicídios, Miranda e Arágua registam 56 por cada 100 mil habitantes e Zúlia 24.Na quarta posição está o Estado de Carabobo, com 945 homicídios, seguindo-se Bolívar, com 819, o Distrito Capital, com 803, Lara, com 450, Sucre, com 327, Monágas, com 209, Anzoátegui, com 285, Barinas, com 251, Guárico, com 238, e Trujillo, com 234.

segunda-feira, agosto 28, 2017

Maduro ordena ejercicios militares en los que participan cientos de civiles

Videos muestran cómo los integrantes del Ejército venezolano entregan armas, cascos y chalecos antibalas a mujeres y hombres para que se preparen...


EEUU impone sanciones financieras contra lo que describe como la "dictadura de Maduro" en Venezuela

La Casa Blanca informó que el presidente Donald Trump firmó una orden ejecutiva que impone sanciones contra Venezuela



Las denuncias que hasta el momento ha hecho la exfiscal de Venezuela contra el gobierno de Maduro

La destituida fiscal general de Venezuela, Luisa Ortega, asegura que tiene pruebas sobre pagos en sobornos de Odebrecht que involucrarían al presidente Maduro


quarta-feira, agosto 23, 2017

Com empréstimos a Caracas, Moscovo vai tomando conta do petróleo da Venezuela

O governo socialista da Venezuela, em risco de desmoronamento, vira-se cada vez mais para a aliada Rússia em busca do dinheiro e do crédito necessários à sua sobrevivência — e oferece em troca valiosos activos petrolíferos estatais, afirmam à Reuters fontes próximas das negociações. À medida que Caracas se vê em dificuldades para conter o colapso económico e os violentos protestos nas ruas, Moscovo usa a sua posição como credor de último recurso da Venezuela para obter mais controlo sobre as reservas de crude de país da OPEP, e que são as maiores do mundo. A Petróleos de Venezuela (PDVSA), petrolífera estatal venezuelana, tem estado em negociações secretas com a maior petrolífera estatal russa, a Rosneft, desde o início deste ano, pelo menos. Em cima da mesa está a possibilidade da participação russa em nove dos projectos petrolíferos mais valiosos da Venezuela, segundo um alto funcionário do governo venezuelano e duas fontes da indústria que estão a par das conversações.

Venezuela: "Um país que sobe muito e cai com estrondo consoante o preço do petróleo"

O que é que apareceu primeiro na Venezuela, a crise económica, humanitária ou política? A drástica deterioração das condições de vida da população e a deriva autoritária do regime do Presidente Nicolás Maduro estão tão intimamente iligadas que é difícil separar os dois fenómenos. Como dizem os comentadores, nenhum Governo consegue evitar a contestação social quando a inflação chega aos 700% e quase 90% da população declara não ter dinheiro suficiente para comprar alimentos. E, concordam os economistas, não há adrenalina capaz de ressuscitar um sistema económico arrasado e que, tal como o político, assenta na repressão.

Novo Savoy, concorrência, invejas e outros factos....

Sei que é politicamente incorreto não hostilizar o novo Savoy. Diria que para uma certa casta elitista da nossa praça, mais do que criticar a construção daquela nova unidade hoteleira há que atacar também e sobretudo o promotor, o empresário Avelino Farinha, porque é mais fácil concentrar os holofotes mediáticos em quem ignora o que sobre ele é dito ou escrito. E muito bem.
Acresce que o empresário em causa é o único a manter níveis de investimento privado na Madeira em valores importantes, além de que se trata de uma pessoa que se fez pelos seus próprios meios e méritos, o que causa inveja em muitos sectores da sociedade madeirense, alegadamente importantes, alguns dos quais são um somatório de hipocrisias, muitos deles ostentando sinais exteriores de riqueza, incluindo donos de empresas falidas ou em vias disso, porque se recusaram nelas investir um cêntimo que fosse e pouco ligam à obrigação de respeitar os trabalhadores, alguns deles com salários a receber. Por isso é politicamente ainda mais incorreto não criticar o empresário Avelino Farinha.
Finalmente é também politicamente incorretíssimo sustentar que um destino turístico como a Madeira não é mais ou menos atrativo por causa das construções hoteleiras na cidade mas antes pela forma como cuida da sua zona baixa mais central, defende a paisagem e preserva as potencialidades paisagísticas fora da capital.
A Madeira vende-se por vários motivos, não por causa dos índices de construção ou do lastimável estado de degradação de edifícios, aqui ou acolá.
Não é o Funchal que trás turistas à Madeira. Cidades como o Funchal, em dimensão e conteúdo, existem muitas por essa Europa fora. Não duvidem.

Maduro: "Estamos no pior momento da nossa relação com o Governo dos EUA"

video

As diferenças orçamentais entre os clubes da Primeira Liga

video
O treinador do Moreirense lembrou as diferenças orçamentais entres os clubes grandes e os restantes, após o jogo frente aos "dragões". O FC Porto é o clube com maior orçamento na Primeira Liga (80 milhões de euros), enquanto que o Moreirense tem um orçamento de três milhões de euros.

Venezuela vai pedir à Interpol detenção da ex-PGR e do marido

A Venezuela vai solicitar à Interpol a detenção da ex-procuradora geral Luísa Ortega Díaz e do marido, Germán Ferrer, por serem foragidos da justiça e por alegadamente integrarem uma rede de extorsão e corrupção, anunciou o Presidente Nicolás Maduro.
"A Venezuela vai solicitar à Polícia Internacional, um código vermelho para todos as pessoas envolvidas em delitos graves no nosso país. Aí estão as provas", disse. Nicolás Maduro falava num encontro com a imprensa internacional, no palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, ao ser informado, por uma jornalista, que a ex-procuradora tinha viajado da Colômbia para o Brasil. "Diz-me com quem andas e te direi quem és. Andas com a oligarquia colombiana, com os golpistas brasileiros?", respondeu Nicolás Maduro à jornalista.

Espanha: salários nas Comunidades Autónomas


Espanha: dívidas das Comunidades Autónomas ao Estado

Veja como vai ficar a sua reforma

Simulações do Ministério do Trabalho mostram quem tem direito ao aumento extraordinário de pensões

Correio das Manha: Paulo Cafôfo: Uma figura ‘ca fofa’

Foi o homem que roubou o Funchal ao PSD em 2013. Os opositores gabam-lhe a boa figura mas acusam-no de mentir, subornar e de ter pouca cultura. Há um ano, quando a Madeira ardia, o presidente da Câmara Municipal do Funchal vestiu o colete da proteção civil e combateu os incêndios ao lado dos bombeiros. "Apareceu sozinho frente às câmaras porque quis ser ele o protagonista. Deixou o vereador responsável pela proteção civil a marinar em Lisboa, apesar de ele querer vir para a ilha, e veio dizer que ele não estava na Madeira porque o pai estava muito doente, o que era mentira. Tanto que ele agora nem aparece nas listas do Cafôfo para as autárquicas", conta uma fonte do (seu) Partido Socialista que, por motivos óbvios, prefere não se identificar. Gil Canha, rival político de Cafôfo, que acusou o autarca de corrupção e tentativa de suborno, não pede anonimato: "Tem um caráter muito complexo. Não tem sentido nenhum de humor.

A polémica de Jorge Sousa no jogo do Sporting B, o que se passou a seguir e o que defende o árbitro

video
No Real-Sporting B, Jorge Sousa dirigiu-se de forma agressiva a Stojkovic e as câmaras apanharam o áudio: o clube reagiu, o árbitro ligou ao técnico dos leões mas a história pode não ficar por aqui. Estava a ser um jogo perfeitamente normal da Segunda Liga entre Real e Sporting. Normal e bem jogado, acrescente-se, mesmo sem golos na primeira parte. No regresso do intervalo, Jorge Sousa, o internacional que dirigiu o encontro, vinha até numa conversa animada com Rui Correia, antigo guarda-redes de Seleção que faz agora parte da equipa técnica leonina. Aos 64′, Miguel Luís cometeu uma falta à entrada da área. E quando estava a formar barreira, as câmaras da Sport TV apanharam o áudio da reprimenda (chamemos-lhe assim) do juiz portuense ao jovem guarda-redes Vladimir Stojkovic.

Venezuela: Tarek William Saab, o novo procurador de Maduro

Revolucionário, advogado especializado em direitos humanos, chavista desde a primeira hora e poeta. Com a pressão a aumentar sobre os opositores de Nicolás Maduro, as atenções concentram-se em Tarek William Saab, o procurador-geral que a Assembleia Constituinte da Venezuela aprovou para substituir a agora dissidente Luisa Ortega Díaz. Filho de imigrantes libaneses e militante da esquerda desde a adolescência, Saab conheceu Hugo Chávez em 1992, quando o então tenente-coronel cumpria prisão pela autoria de um golpe falhado. Esteve envolvido no pedido de indulto que levou à sua libertação dois anos mais tarde e nunca mais deixou de estar ao seu lado. Foi eleito para a Constituinte de 1999, convocada por Chávez logo depois de ter chegado à presidência, em 1999, e liderou o grupo que redigiu o capítulo de direitos humanos da Lei Fundamental que Maduro quer agora rever.

Marido de ex-procuradora venezuelana é o primeiro alvo da Constituinte

Aperta-se o cerco às vozes dissidentes na Venezuela. Germán Ferrer, deputado e marido de Luisa Ortega Díaz, a procuradora-geral destituída pela Assembleia Nacional Constituinte, foi acusado de liderar uma rede de extorsão que envolveria responsáveis do Ministério Público. Horas depois, agentes dos serviços de informação revistaram a residência do casal, que se encontra em parte incerta. Na mesma altura, a recém-criada “comissão de verdade” anunciou que vai investigar os candidatos às eleições regionais de Outubro para determinar se há entre eles envolvidos nos protestos violentos dos últimos meses. “É desta forma que o Governo de [Nicolás] Maduro e [Diosdado] Cabello pretende acabar com a nossa luta pela democracia e liberdade dos venezuelanos”, escreveu Díaz na sua conta de Twitter na quarta-feira à tarde, revelando que agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin) estavam nesse momento dentro da sua casa no bairro de Florida, uma área de Caracas preferida pela hierarquia chavista, de que a magistrada foi até há poucos meses um dos mais destacados membros.

“Temendo pela vida”, ex-procuradora-geral da Venezuela chega à Colômbia....

Luisa Ortega Diaz, a ex-procuradora-geral da Venezuela que foi destituída no início do mês, chegou a Bogotá, na Colômbia, para onde fugiu com o marido, German Ferrer, por “temer pela sua vida”.
Esta semana, Ferrer, que era deputado do partido de Nicolás Maduro, tinha sido acusado de corrupção. É suspeito de ter liderar uma rede de extorsão a empresários durante o período que Diaz liderou o Ministério Público. A procuradora foi afastada na primeira decisão da Assembleia Constituinte, há duas semanas. Ambos estavam desaparecidos.
Luisa Ortega, 59 anos, diz que as autoridades venezuelanas a perseguem por ter denunciado as ligações ao Governo de Caracas da construtora Odebrecht, no centro do escândalo de corrupção Lava-jato no Brasil, mas com ramificações em vários outros países da América Latina.

sábado, agosto 19, 2017

Cristiano Ronaldo já tinha uma bota de ouro (agora tem uma de cristais)

video

The Most Beautiful Island in Europe -- Madeira, Portugal 2017

video

Quais os direitos dos passageiros aéreos?

video
Sempre que os passageiros de um voo ficam em terra, coloca-se a questão dos seus direitos. Mas, um vento forte que coloca em perigo os voos pertence a uma categoria bem específica, alheia às companhias e aeroportos. O mau tempo é mesmo considerado uma circunstância extraordinária, e por isso não dá direito a indemnização.

PSD e CDU vão gastar menos do que na campanha de 2013

video
O PSD e CDU vão gastar menos nesta campanha do que na das eleições autárquicas de 2013. Segunda-feira foi o prazo limite para os partidos apresentarem aos tribunais as listas às autárquicas deste ano.

De facto o Savoy "conspurca" a cidade do Funchal e "ameaça" a qualidade do turismo local...


Barcelona: manifestação contra proliferação de turismo residencial


6,9 milhões contactam com imprensa em papel ou digital

A Marktest acaba de divulgar os resultados do seu estudo Bareme Imprensa Crossmedia 2017, que mostra que 6,9 milhões de portugueses contactam com a imprensa, quer seja em papel ou no meio digital. Segundo os dados agora divulgados pela Marktest no seu estudo Bareme Imprensa Crossmedia 2017, 6,9 milhões de portugueses contactam com jornais ou revistas, considerando os leitores de edições em papel ou digitais, o que representa 80.2% dos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Vila de Rei e Pedrógão Grande únicos concelhos onde a proporção de jovens aumentou

Assinalando o Dia Internacional da Juventude, a análise dos dados do INE permite verificar que, nos últimos 25 anos, o país perdeu mais de 500 mil jovens dos 15 aos 24 anos e que em apenas dois concelhos o seu peso aumentou. Assinala-se no dia 12 de Agosto o Dia Internacional da Juventude. Uma análise dos dados do Instituto Nacional de Estatística, disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest e na sua aplicação web Municípios Online, mostra como, nos últimos 25 anos, o número de jovens entre os 15 e os 24 anos diminuiu em quase todos os concelhos do país.

399 milhões de horas na Internet

Entre Janeiro e Abril de 2017, os portugueses dedicaram 399 milhões de horas à Internet na navegação a partir de computadores de uso pessoal. De acordo com os resultados do Netpanel meter da Marktest, durante o primeiro quadrimestre de 2017, foram 5739 mil os residentes no Continente com 4 e mais anos que acederam à Internet a partir de computadores pessoais, o que corresponde a 96.9% dos internautas nacionais.
Em média, por dia, navegaram na Internet 2577 mil utilizadores únicos. Durante os quatro primeiros meses do ano, foram visitadas 21 mil milhões de páginas, uma média de 3685 por utilizador. O tempo total de navegação nestes sites superou os 399 milhões de horas, uma média de 69 horas e 31 minutos por utilizador. A análise tem como base informação do Netpanel meter da Marktest, que estuda o comportamento dos internautas portugueses que navegam a partir de computadores de uso pessoal, e é relativa ao 1º quadrimestre de 2017 (fonte: Marktest.com, Agosto de 2017)

3,5 milhões de utilizadores em sites de Turismo

Os dados Netpanel meter da Marktest indicam que, nos primeiros seis meses do ano, foram 3,5 milhões o número de utilizadores únicos que acederam a sites de Turismo. De acordo com os resultados do Netpanel meter da Marktest, de Janeiro a Junho de 2014, foram 3 482 mil os residentes no Continente com 4 e mais anos que acederam a sites de turismo a partir de computadores pessoais, o que corresponde a 57.7% dos internautas nacionais. Neste período, foram visitadas mais de 196 milhões de páginas de sites de turismo, uma média de 56 por utilizador. O tempo total de navegação nestes sites foi de 2,6 milhões de horas, uma média de 45 minutos por utilizador. Foi em Junho que mais utilizadores acederam a estes sites, num total de 1 689 mil, ao contrário de Fevereiro, que recebeu 1 285 mil utilizadores únicos.

Jornalismo: Repórter agredido a murro em directo...

video
Repórter agredido a murro em direto Jornalista cobria celebração de militares em parque de Moscovo.

3 milhões seguem páginas de jornais e revistas através do Facebook

De acordo com os dados de 2017 do estudo Bareme Imprensa Crossmedia são 3 milhões o número de portugueses seguem páginas de jornais e/ou revistas através do Facebook. O estudo Bareme Imprensa Crossmedia da Marktest quantifica em 3073 mil o número de portugueses que seguem páginas de jornais e/ou revistas através do Facebook. Este número representa 67.7% dos internautas com 15 e mais anos, residentes no Continente que costumam ler pelo menos uma publicação em papel ou digital, costumam ler notícias nas redes sociais e que costumam utilizar o Facebook. Entre estes utilizadores, a maioria segue estas páginas através de equipamentos móveis (2,7 milhões, face a 2,4 milhões que as segue através do computador). Os mais jovens são quem mais refere seguir páginas de jornais ou revistas no Facebook (com 81.7% dos inquiridos entre os 15 e os 24 anos a indicarem uma resposta positiva). O estudo Bareme Imprensa Crossmedia centra-se nas audiências de marcas de imprensa que têm presença simultânea nos canais papel e digital (web, e-paper, apps mobile, etc.).(fonte: Marktest.com, Agosto de 2017)

Impostos: um quinto do IMI cobrado em 5 concelhos

Os dados de 2015, divulgados pela DGAL, relativos ao Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) revelam que em apenas 5 concelhos de Portugal são cobrados 20% do total deste imposto. Os valores de IMI cobrados nos municípios registaram ao longo dos anos valores sempre crescentes. Em 2015, a cobrança de IMI atingiu os 1 533 205 milhares de euros. Estes são dados disponibilizados pela Direção Geral das Autarquias Locais (DGAL), através do Portal Autárquico e que estão disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index, da Marktest. Em termos totais um quinto da cobrança do IMI concentrou-se apenas em cinco concelhos: Lisboa, Sintra, Cascais, Vila Nova de Gaia e Porto, sendo o valor de Lisboa duas vezes superior ao de Sintra (o segundo concelho com maior cobrança total de IMI).

Mais de 4 milhões em sites de televisão

No primeiro semestre de 2017, o Netpanel meter da Marktest contabilizou 4,3 milhões de visitantes de sites de televisão. De acordo com os resultados do Netpanel meter da Marktest, no primeiro semestre de 2017, foram 4318 mil os residentes no Continente com 4 e mais anos que acederam a sites de televisão a partir de computadores pessoais, o que corresponde a 72.9% dos internautas nacionais. Estes sites receberam uma média diária de 298 mil utilizadores únicos.

Protagonistas da informação em Julho de 2017

Confira o top de protagonistas da informação televisiva em Julho, de acordo com os dados do serviço Telenews. Em Julho de 2017, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, liderou o tempo de exposição mediática, ao protagonizar 147 notícias com 6 horas e 20 minutos de duração durante o mês.
Note-se que esta análise exclui eventuais programas, debates ou entrevistas realizadas no período e que na contabilização do tempo se considera o tempo total de duração da notícia. O Primeiro-ministro, António Costa, foi segundo, intervindo na primeira pessoa em 125 notícias de 5 horas e 53 minutos de duração.

Afinal o que é a dívida?


O sistema político português


Partidos e sistemas partidários


Maduro submete projeto de Constituição à nova Assembleia Constituinte

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, entregou à Assembleia Nacional Constituinte o seu projeto de Constituição para ser apreciado e discutido pelo novo órgão, composto unicamente por membros próximos do governo. "Quero entregar a esta magna Assembleia -- como prometi -- o meu projeto de Constituição para a República Bolivariana da Venezuela", afirmou o chefe de Estado, numa sessão especial da Constituinte, indicando que o seu projeto visa "aperfeiçoar a Constituição pioneira de 1999". Composta por 545 membros, a Assembleia Constituinte foi eleita em 30 de julho, numas eleições boicotadas pela oposição que não participou no processo por considerar que foi convocada de maneira ilegítima. A Constituinte, instalada no dia 04 de Agosto, sob denúncias de fraude eleitoral, é presidida pela ex-ministra dos Negócios Estrangeiros, Delcy Rodríguez.

Regresso à Madeira de emigrantes na Venezuela pode custar mais de 7 milhões de euros

video
Pressão sobre os serviços com o regresso da Venezuela de 4000 portugueses e lusodescendentes preocupa o Governo da Madeira. Miguel Albuquerque reconhece que a capacidade da região autónoma para apoiar esses emigrantes é limitada (Expresso)

Aumenta o número de queixas contra empréstimos de dinheiro à margem da banca

video
São negócios à margem dos bancos, a maioria pela internet, em que pessoas já muito endividadas são aliciadas com promessas de dinheiro fácil.

SIC: A Ponta de São Lourenço, na Madeira, numa viagem aérea

video
A VISÃO de Portugal é uma rubrica, parceria da VISÃO e do Jornal da Noite da SIC, que mostra o país através de imagens aéreas. A viagem desta segunda-feira convida-nos a sobrevoar a Ponta de São Lourenço, na ilha da Madeira

Venezuela. “Não podemos fechar os olhos às imagens da repressão e aos testemunhos das vítimas”

A ONU responsabilizou o Governo venezuelano pela morte de pelo menos 46 pessoas, a detenção arbitrária de mais de 5000 pessoas e “uso generalizado” de “tortura” no contexto das manifestações contra Nicolás Maduro. O Expresso falou com dois especialistas de organizações não-governamentais para perceber as implicações e possíveis consequências desta denúncia. Desde o início dos protestos contra o Governo de Nicolás Maduro, a 1 de abril, morreram 46 manifestantes às mãos das forças de segurança venezuelanas e outros 27 foram mortos por grupos conotados com o Governo, os denominados “coletivos armados”. Ficaram feridas pelo menos 1.958 pessoas e outras 5.000 foram detidas arbitrariamente, das quais 1.000 ainda se encontram presas.

Grupo de “hackers” ataca sites oficiais do governo venezuelano

Um grupo de “hackers” que se autointitula "Os Guardiões Binários" atacou uma série de “websites” do governo da Venezuela, publicando mensagens contra a “ditadura” de Nicolás Maduro e de aparente apoio a um grupo de homens armados que executou um ataque contra uma base militar da cidade de Valencia, no norte do país.
Entre os sítios-alvo contam-se a morada cibernética do governo, a do Conselho Nacional Eleitoral e a da Marinha venezuelana. Uma mensagem publicada no “site” principal do Executivo fazia referência à “Operação David”, nome de código do ataque em Valencia de acordo com os media venezuelanos. “A ditadura tem os dias contados”, lia-se nessa publicação.

ONU denuncia “tortura” e “uso de força excessiva” contra manifestantes e detidos na Venezuela

Forças de segurança venezuelanas “maltrataram” e “torturaram” de forma “generalizada e sistemática” contra manifestantes, denunciou o Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos (OHCHR).
Organismo acusa as forças de segurança da Venezuela de serem responsáveis pela morte de pelo menos 46 manifestantes - de um total de 124 mortes investigadas até 31 de julho, no contexto das manifestações contra o Governo de Nicolás Maduro - e de conduzirem mais de 5000 detenções arbitrárias. Grupos denominados “coletivos armados” terão sido responsáveis pela morte de outras 27 pessoas.

Ondas de calor poderão provocar mais de 4.000 mortos anuais

video

SIC: Uma viagem aérea pelo Pico do Areeiro

video
O espaço Visão de Portugal, do Jornal da Noite da SIC, mostra o país através de imagens aéreas. A rubrica leva-nos esta sexta-feira a sobrevoar o Pico do Areeiro, na Madeira.

Diferenças, Ronaldo e Messi

video
fonte: Facebook

O Ultraperiferias e o Monte: ponto final!

Só para clarificar: quando ontem afirmei aqui - compromisso que mantenho - que a partir de hoje mais nenhum comentário, ligação ou opinião sobre a tragédia do Monte, faço-o em função de duas ordens de razão: por um lado a constante informação e contra-informação constatável, associada a alguma falta de comunicação institucional que apenas alimenta a especulação, a que se juntam histórias idiotas e insignificantes, neste momento ainda de dor para centenas de pessoas, como a propriedade do terreno versus responsabilidade de manutenção de uma área reconhecidamente pública. Em segundo lugar porque acho que nem a memória dos 14 mortos, nem o respeito pelos feridos me imporiam outra atitude que não fosse esta, a de não empolar mais uma tragédia que teve causas, que inevitavelmente teve, que tem os contornos que obviamente tem, mas que está longe de nos explicar a todos, de forma clara, o que se passou, porque se passou e eventualmente apontar responsabilidades. Não sou nem justiceiro da praça pública, nem acusador à moda da Roma antiga, nem caçador de bruxas. Recuso isso. Continuo a considerar asqueroso que se confunda jornalismo com redes sociais, porque ao contrário do que as pessoas pensam e julgam, não existe nenhuma relação entre os dois. Confundir hóquei com futebol é uma idiotice, apesar de ambas serem modalidades desportivas. E por favor, deixemos a religião e a fé das pessoas de lado, respeitando-as. A vida continua. Respeito quem pensa e procede de forma diferente da minha. Mas a minha forma de pensar é esta e agirei em conformidade (LFM, fotos da imprensa)

sexta-feira, agosto 18, 2017

CMF: já agora o que andaram a fazer no local do acidente (Monte) e porque razão o MP não acompanhou essas diligências?

Entretanto, depois do apertão de orelhas dado hoje pelo Ministério Público à CMF - há quem me tivesse garantido que esta decisão do MP demorou estranhamente três dias a ser tomada por ter sido acelerada pelo anúncio pela CMF da divulgação hoje das conclusões da peritagem mas sobretudo por um programa transmitido ontem na RTP Madeira e as opiniões expressas por um jurista contactado pela reportagem em causa - espera-se que a CMF, depois da "jogada" acelerada em torno do Savoy, explique o que andou a fazer no Monte este tempo, o que é que os peritos andaram a mexer, que alterações foram feitas apressadamente no local do acidente, que provas importantes para um inquérito do MP poderão ter sido contaminadas ou mesmo destruídas, etc.
O que se passou no Monte é demasiado grave para ser desvalorizado. Imaginem que um tipo qualquer matava uma pessoa na sua própria casa e depois é o próprio autor do crime a passar a pente-fino o local onde tudo ocorreu. Qual a credibilidade da peritagem a realizar depois disso? Qual a credibilidade dos inquéritos que venham a ser realizados ou das investigações que a PJ inevitavelmente realizará no local por ordem do MP?
Ouvi alguém da CMF revelar ter o MP sido informado da realização das peritagens e que inclusivamente foi convidado o MP a estar presente - lembro que o MP anunciou a abertura de um inquérito no próprio dia da trágica ocorrência. Que tipo de contacto houve por parte da CMF com o MP, quando e com quem? Porque razão o MP não foi ao Monte nos dois dias em que os peritos contratados pela CMF - incluindo funcionários dos serviços municipais que tinham a obrigação de zelar por aquele espaço público!!! - andaram por lá, acompanhados de noticias diárias nos meios de comunicação, declarações e visitas do Representante da República?
Que conclusões construíram os peritos dado que a CMF tinha prometido para hoje a divulgação das primeiras conclusões dos trabalhos realizados num local - do acidente - que alegadamente hoje estará completamente alterado? (LFM)

Savoy: uma decisão que tinha que ser anunciada hoje custe o que custasse...

Vou assumir a "defesa" do grupo proprietário do Savoy, dando-lhe voz. O outro lado da barricada está carregado de gente, a abarrotar, uns por uns motivos, outros por outros. O meu é apenas o que resulta da amizade que tenho, quer com José Avelino Farinha, há mais de duas décadas, e com Pedro Calado.
A empresa recebeu a notificação da CMF - tem piada uma mensagem privada, de pessoa que não identifico, que me revela que havia uma enorme fobia nalguns corredores para que fosse feita qualquer coisa hoje sobre o Savoy, sem falta, para aliviar a pressão e desviar o discurso externo depois de mais um a polémica, decorrente do facto do MP ter suspendido tardiamente as peritagens que andaram a ser feitas no Monte e que potencialmente podem ter "limpo" vestígios essenciais - vai agir em conformidade, cumprindo todas as exigências camarárias para que o embargo parcial - não confundir com outros embargos.
Pressionados por uma romaria diária (incluindo estranhos "romeiros" ao serviço de causas concorrenciais)  de gente que não larga as instalações da CMF em busca de cópias de de documentos e deliberações da CMF sobre aquele projecto hoteleiro, os corredores de um certo poder - que me garantem estar completamente atordoado com um autêntico soco na barriga e temendo consequências políticas extremadas - a ideia é anunciar sem grandes esclarecimentos, curiosamente um dia depois da reunião do executivo camarário.
O que me foi garantido é que este processo relaciona-se com alterações incluídas num projecto entregue na CMF em Março deste ano, sobre o qual nunca houve resposta apesar da construção do hotel estar devidamente licenciada o que explica que as obras tivessem decorrido normalmente.
De acordo com uma fonte que contactei "deram-nos um prazo para entregarmos o projecto de alterações finais e nós vamos agir em conformidade para que tudo fique centro da lei". Mais do que isto não é dito. E chega.
Da parte que me toca - e reafirmando a minha amizade com Pedro Calado e com Avelino Farinha, que neste caso tem muitos anos, e que, reafirmo, considero que se trata de um empresário que lidera um grupo sério, que dá emprego neste momento a 300 pessoas (nas obras) e que dará emprego a mais 300 depois do hotel estar concluído, investe na Madeira em vez de sentar-se no sofá a reclamar ou a deixar as empresas falir - direi que assumo aquela minha amizade e consideração, que não me impede de olhar com distanciamento para este processo, ao contrário de outras cruzadas que no essencial escondem relações e dependências deliberadamente escondidas. (LFM)

segunda-feira, agosto 14, 2017

Funchal: o que se passa junto ao Palácio de São Lourenço?


Funchal: a praia que não é praia, mas que também é praia e que pode ser e não ser...


Quarteirão da Insular vai modernizar a cidade


Parece que o quarteirão da antiga Insular de Moinhos do Funchal terá sido vendido pelo grupo Sá ao empresário José Avelino Farinha - um homem  que faça o que fizer será sempre criticado por uma certa casta elitista e por alguns sectores políticos locais que não perdoam o facto de ter crescido pelos seus méritos, competência, por ter investido no tempo certo na sua empresa, por arriscar enquanto outros porventura preferiam estar sentados de sofá fumando charutos e deixando as suas empresas a falir.
Não de sabe bem se essa venda já foi consumada e que tipo de empreendimento será ali realizado, na certeza de que não tardarão aquelas almas do costume vir dizer que assim como está, aquele quarteirão dignifica e enobrece a cidade do Funchal e encadeia os turistas que se deslocam para aquele local.
Uma coisa é certa: com Avelino Farinha o quarteirão da Insular vai modernizar a cidade.

São Jorge (Madeira): piscinas a precisar de intervenção


Cabanas (Madeira) perdem casas típicas de Santana


terça-feira, agosto 08, 2017

Despesa pública: entre previsão e execução houve 2,4 mil milhões a menos

A despesa pública em 2016 ficou cerca de 2,4 mil milhões de euros abaixo dos valores inicialmente fixados no Orçamento do Estado (Jornal Económico, Mário Malhão)

Veja o que o Facebook sabe sobre a sua vida pessoal (e o que faz com essa informação)

video
O Facebook tem muito mais funcionalidades do que possa imaginar. Eis alguns truques, que provavelmente desconhece, e que podem ser-lhe muito úteis. Saiba como ganhar algum dinheiro extra, poupar dados, ou saber que informação pessoal é que Mark Zuckerberg e os trabalhadores do Facebook armazenam sobre a sua vida (Jornal Económico)